quarta-feira, 31 de outubro de 2007

Ariosto Não tem Sangue de Barata


- Não me beija que eu estou toda suada!
Depois:
- Ariosto! Eu recém-saí do banho!
Depois:
- Não-o. Olha o meu penteado.
Depois:
- Quer fazer o favor? Estou tentando ver a novela.
Depois:
- Agora não, Ariosto. Eu já botei o creme.
De manhã:
- Ó Ariosto. Eu ainda não escovei os dentes!
Depois:
- Não dá tempo, bem. A Nelinha daqui a pouco vem me buscar pra ginástica.
E depois da ginástica:
- Me larga que eu estou toda suada!
Finalmente:
- Ariosto!
- Vai ser aqui mesmo.
- Mas...Você está se molhando todo!
- Não interessa.
- Eu estou toda ensaboada!
- Melhor assim.
- Ariosto! Ai! Espera!
.
Mas Ariosto não esperou. Foi ali mesmo. Debaixo do chuveiro. Ariosto nem tirou as calças.
.
À mesa do jantar, naquela noite, ela se queixou.
.
- Nunca pensei.
Ariosto, sem saber se a frase se aplicava:
- Eu não tenho sangue de barata.
- Precisava me atacar?
- Só tomei o que é meu.
- Precisa ser grosseiro?
- Agora vai ser assim. Quando você menos esperar.
- Ariosto!
- Quando você menos esperar!
.
Dois dias depois, quando ela chegou da rua (banco, pedicure, supermercado) no meio da tarde, ele estava esperando atrás da porta.
.
Tinha chegado mais cedo do trabalho para pegá-la. Pacotes do supermercado pelo chão, ele tomou o que era seu em cima dos congelados.
.
Na manhã seguinte, esperou ela se levantar da cama, escovar os dentes, se vestir - e só então atacou.
.
- Ariosto! Na mesa do café?!
Foi na mesa do café mesmo e não teve conversa.
- A Nelinha vai chegar a qualquer momento!
- Azar.
.
Outra vez foi no cinema. Ela devia ter desconfiado quando ele quis sentar atrás, ele que gostava de sentar na frente. Atrás não tinha ninguém.
.
- Ariosto, o que é isso?
- Chega um pouco pra cá... Assim... Agora a outra perna.
- Ariosto, vão nos ver!
- Não vão.
- Vão nos ouvir!
.
Mas era um filme do Schwarzenegger e ninguém ouviu.
.
Ela decidiu que o jeito era restabelecer uma rotina convencional. Ariosto tinha vencido. Voltariam a fazer sexo em lugar e hora apropriados, sempre que ele quisesse. Só assim ela conteria a fúria compensatória do Ariosto. Só assim se livraria da ameaça constante de ser atacada pelo Ariosto quando menos esperava - como na vez em que ele a estava aguardando na garagem do prédio, e eles quase tinham sido flagrados dentro do carro pela dona Elcina do 702. Ela decidiu que começaria a ir para a cama antes de botar o creme.
.
Mas era tarde demais.
.
- Negro...
- Hmmm?
- Vamos?
- O quê?
.
Ariosto, lendo uma revista e se fazendo de desentendido.
.
Ela:
- Você não quer?
.
Ele (bocejando):
- Agora não.
.
E, quando ela desistiu e levantou-se para botar o creme, ele perguntou:
- Aonde você vai amanhã?
- Não digo!
.
Todas as terças-feiras ela almoçava com a turma. Amigas antigas, muitas ex-colegas da escola, um grupo de 15 - quando apareciam todas. Ela e a Nelinha, que morava no mesmo prédio, iam juntas e não perdiam um almoço, sempre nas terças, sempre no mesmo restaurante. Naquela terça a conversa na mesa estava animada, como de costume, mas as amigas notaram que ela não parava de olhar para a porta do restaurante, como se esperasse a chegada de alguém. E viram ela, de repente, se levantar com uma expressão de pânico no rosto. Alguém que entrara pela porta e agora se aproximava da mesa era a causa do seu terror. Ela recuou, derrubando sua cadeira, e achatou-se contra a parede. E gritou:- Ariosto, tu não é louco!
.
(Luís Fernando Veríssimo)
.
Inté...
.
Update: Gente, fiquei sabendo que hoje é o meu dia e eu nem tava lembrando disso... poisé, é dia das bruxas... Há muito tempo atrás, tentei ser fada, mas percebí que nascí pra ser bruxa mesmo... hehe... O causo é que tô procurando um "certo" carderão pra pular dentro...hehe...
.
Então vai aí uma música pras bruxas e bruxos matutos...

02. Nenhum de nós ...

.

terça-feira, 30 de outubro de 2007

Mitologia Grega e Aniversário...

Continuando a sessão, Mitologia Grega, hoje o Matutando trás Atena, a deusa da Guerra, da Sabedoria e das Artes...
.
Atena era filha de Zeus e de sua primeira mulher, Métis, a deusa da Prudência.
.
Segundo a tradição, quando Métis estava grávida, Zeus a engoliu, por temer que seu filho viesse a destroná-lo, como um dia ele próprio fizera com o seu pai, Cronos.
.
Segundo outra versão do mito, Zeus cobiçava os conhecimentos de Métis, cujo nome significa "conselho". O amoroso Zeus perseguiu a reticente Métis, a qual pretendia conservar sua virgindade. Quando esta se disfarçou de mosca, o deus a devorou. Conseqüentemente, Métis deu a luz a Atena no centro da inteligência de Zeus: a sua cabeça.
.
Mais tarde, já numa passagem para a qual ambas as lendas convergem, Zeus, atormentado por uma dor de cabeça, pediu a Hefesto, um filho seu, que lhe abrisse o crânio com uma machadada. De sua cabeça saiu Atena, já adulta, armada e coberta com o elmo do Saber.

Atena era a deusa das cidades gregas, da indústria, da sabedoria e das artes, conhecida como Minerva pelos romanos. Era uma deusa virgem, dedicada a castidade e celibato. Era majestosa e uma linda deusa guerreira, protetora de seus heróis escolhidos e de sua cidade homônima Atenas. Única deusa retratada usando couraça, com pala de seu capacete voltada para trás para deixar a vista sua beleza, um escudo no braço e uma lança na mão.

Era também deusa da guerra. Desfrutava da valentia, da coragem e da ousadia no campo de batalha, mas não tinha tempo para matanças sem sentido, como o deus da guerra Ares. Para Hefesto, o deus ferreiro, adorado em Atenas, a deusa representava uma rival atraente e, em várias ocasiões, tentou torná-la sua amante.

Dizia-se que inventara a flauta, mas desprezara femininamente o instrumento ao ver como seu rosto ficava desfigurado quando ela enchia de ar as faces, para soprar...

Atena era a filha predileta de Zeus, que lhe concedeu muitas das suas prerrogativas. Ela tinha o dom da profecia e tudo que autorizava com um simples sinal de cabeça era irrevogável.
.
Contradizendo com seu papel como uma deusa que presidia às estratégias da batalha na época de guerra e às artes domésticas em tempo de paz, Atena era também apresentada com uma lança em uma das mãos e uma tigela ou roca na outra.

.
Certa vez, em meio de uma intensa batalha entre ambos, o sêmem de Hefesto caiu ao solo, onde se converteu no rei serpente Eructam. Talvez porque foi o mais próximo que esteve de ter um filho que Atena se interessou pelo bem-estar da criança. Confiou-o às filhas de Cécrope, um rei primitivo que, pelo que se dizia, tinha sido uma serpente, pedindo às mesmas que não olhassem para o interior da canastra onde se encontrava Eructam. Mas a curiosidade foi mais forte e as princesas enlouqueceram ao ver a criança-serpente. A deusa, então, levou Eructam ao seu tempo da Acrópolis e o criou até que o nomearam rei dos atenienses. Agradecido, Eructam fomentou o culto a Atena como deusa da cidade.

.
Atena foi forte defensora dos gregos na Guerra de Tróia. Depois da queda de Tróia, entretanto, os gregos não conseguiram respeitar a santidade de um templo de Atena em que a profetisa Cassandra procurou abrigo. Como castigo, tempestades enviadas pelo deus do mar, Possêidon, a pedido de Atena, destruiu a maioria dos navios gregos que retornavam de Tróia.

.
Atena era também uma patrona das artes agrícolas e do artesanato feminino, especialmente a arte de tecer e fiar. Entre seus presentes ao homem estavam a invenção do arado, a arte de domesticar animais, construção de navios e a confecção de sapatos. Ela freqüentemente era associada com pássaros, especialmente a coruja, ave a que os gregos relacionavam força e sabedoria.
.
Quando Atena era retratada com outro indivíduo, esse sempre era do sexo masculino. Por exemplo, era vista perto de Zeus na atitude de um guerreiro de sentinela para seu rei. Ou era reconhecida atrás ou ao lado de Aquiles ou de Odisseu, os principais heróis gregos de Ilíada e da Odisséia.
.
Na cidade de Atenas que seu culto foi perpetuamente honrado: tinha seus altares, as suas mais belas estátuas, as suas festas solenes e um templo de notável arquitetura, o Partenon. Esse templo foi reconstruído no período de Péricles.


**********************



Hoje é aniversário da Lugirão (Lúcia Girão), figura cativa aqui no Matutando! Gente boa demais! Uma menina que nos diverte com o seu inconfundível jeito de falar (escrever), as suas tiradas clássicas, o seu jeito de corar quando o assunto começa a esquentar... Sim gente, ela cora! Acreditam!?...hehe... a gente chega a imaginar as suas boxexas vermelhinhas e os "zóios" mais arregalados do que de costume... ela é uma figura! hehe...

Uma pessoa que se tornou especial pra mim e que muito me alegra com sua presença constante e amizade! Mais uma grata surpresa que a net me proporcionou... Mais uma amizade que quero conservar...

Desejo muitas felicidades à você, saúde, dinheiro, beijo na boca, e gozar os prazeres que a vida tem pra oferecer e que for de seu agrado!

Um forte abraço, e uma música pra você, com todo carinho!

Chão de Giz.mp3

.
Inté...

.

segunda-feira, 29 de outubro de 2007

O Ladrão de Galinha


Pegaram o cara em flagrante, roubando galinhas de um galinheiro e o levaram para a delegacia.
.
DELEGADO - Que vida mansa, heim, vagabundo? Roubando galinha para ter o que comer sem precisar trabalhar. Vai para a cadeia!
.
LADRÃO - Não era para mim não. Era para vender.
.
DELEGADO - Pior! Venda de artigo roubado. Concorrência desleal com o comércio estabelecido. Sem-vergonha!
.
LADRÃO - Mas eu vendia mais caro.
.
DELEGADO - Mais caro?
.
LADRÃO - Espalhei o boato que as galinhas do galinheiro eram bichadas e as minhas galinhas não. E que as do galinheiro botavam ovos brancos enquanto as minhas botavam ovos marrons.
.
DELEGADO - Mas eram as mesmas galinhas. Safado!
.
LADRÃO - Os ovos das minhas eu pintava.
.
DELEGADO - Que grande pilantra...(Mas já havia um certo respeito no tom do delegado.) Ainda bem que tu vai preso. Se o dono do galinheiro te pega...
.
LADRÃO - Já me pegou. Fiz um acerto com ele. Me comprometi a não espalhar mais boato sobre as galinhas dele, e ele se comprometeu a aumentar os preços dos produtos dele para ficarem iguais aos meus. Convidamos outros donos de galinheiros a entrar no nosso esquema. Formamos um oligopólio. Ou, no caso, um ovigopólio.
.
DELEGADO - E o que você faz com o lucro do seu negócio?
.
LADRÃO - Especulo com dólar. Invisto alguma coisa no tráfico de drogas. Comprei alguns deputados. Dois ou três ministros. Consegui exclusividade no suprimento de galinhas e ovos para programas de alimentação do governo e superfaturo os preços. (O delegado mandou pedir um cafezinho para o preso e perguntou se a cadeira estava confortável, se ele não queria uma almofada). Depois perguntou:
.
DELEGADO - Doutor, não me leve a mal, mas com tudo isso, o senhor não está milionário?
.
LADRÃO - Trilionário. Sem contar o que eu sonego de Imposto de Renda e o que tenho depositado ilegalmente no exterior.
.
DELEGADO - E, com tudo isso, o senhor continua roubando galinhas?
.
LADRÃO - Às vezes. Sabe como é...
.
DELEGADO - Não sei não, excelência. Me explique.
.
LADRÃO - É que, em todas essas minhas atividades, eu sinto falta de uma coisa. O risco, entende? Daquela sensação de perigo, de estar fazendo uma coisa proibida, da iminência do castigo. Só roubando galinhas eu me sinto realmente um ladrão, e isso é excitante. Como agora fui preso, finalmente vou para a cadeia. É uma experiência nova.
.
DELEGADO - O que é isso, excelência? O senhor não vai ser preso não!.

LADRÃO - Mas fui pego em flagrante pulando a cerca do galinheiro!.

DELEGADO - Sim. Mas primário, e com esses antecedentes....

Poisé, poisé, poisé...
.
A vida imita a arte e imita as piadas também...
.
******************************
.
Mudando o rumo da proza... perguntas que estão martelando na minha cabeça...
.
Porque será que, na maioria das vezes, ser boazinha/bonzinho não é legal? Porque no fim das contas, a gente, quando age assim, quase sempre se lasca!?
.
Porque a gente tem que ser compreensiva, gente boa, educada, parceira, pau-pra-toda-obra, e, nem sempre isso é levado em consideração? Sim, falo em consideração, nem falo em retribuição, já que o ditado diz: fazer o bem sem olhar a quem...
.
Porque pessoas recebem deste, ou daquele, palavras cordiais e amáveis, independente da situação ou da afinidade, enquanto você, nem sempre? E porque a raiva que sentem de você demora tanto a passar?
..
Porque ser sincera, nem sempre é aceito com boa receptividade, e o efeito acaba sendo contrário ao que você esperava? Porque as pessoas não são sinceras na mesma proporção? Quando digo sincera, não me refiro à chegar pra uma pessoa e dizer que a roupa dela está um horror, isso é falta de educação. Entendam sincera, como, não esconder certas coisas, nem omitir fatos que irão gerar desconfianças futuras... a desconfiança é um veneno que se espalha aos poucos, bem devagarinho e vai minando as forças do que quer que seja...
.
Porque guardam mágoas de algo que aconteceu, e vez ou outra jogam isso na sua cara? Sim, mesmo que o façam discretamente e indiretamente, você sente aquela pontinha do alfinete lhe cutucando...
.
Porque quando citam algo de bom que ocorreu, e te deixam de fora, quando você acha que fazia parte daquilo, seu coração aperta e você se sente tão pequena?
.
Porque mesmo você dizendo várias vezes que algo lhe incomoda, que determinado comportamento não lhe agrada, você é ignorada tantas vezes, a ponto de um dia você perceber que aquilo não lhe incomoda mais? Daí vem outra pergunta: esse "não incomodar mais" é bom ou ruim?
.
Porque expor seus sentimentos ao alcance de muitos às vezes te deixa com uma IMENSA sensação de arrependimento, com a ligeira desconfiança de ter sido boba e precipitada?
.
E porque eu escreví isso?
.
Ah, deu vontade...
.
.
Um ótimo começo de semana pra toda a matutada que passa por aqui!
.
Inté...
.

domingo, 28 de outubro de 2007

Se...


Se um dia eu tivesse a oportunidade, eu diria a ele que a vida é muito curta. E que não há nenhum documento com firma reconhecida que comprove outras existências, embora eu goste de pensar que isso seja possível. Diria que apesar dos destroços é preciso acreditar na mensagem lançada ao mar, dentro da garrafa - sim, ela chegará ao seu destino - e que as esquinas são salientes porque no fundo lembram as curvas da mulher amada – onde tudo são encontros e despedidas. Que na rigidez dos bancos de praça repousam os sonhos daqueles que buscam apagar da memória as lágrimas roxas vertidas aos amores, sempre tão finitos.
.
Se um dia eu tivesse a oportunidade, eu lhe diria que bebi muito. Que rodopiei em chão de terra e louça e que quebrei alguns frascos enquanto o esperava.
.
Vássia Silveira
.
***************************
.
E digo ainda, que se um dia eu tivesse a oportunidade, eu lhe mostraria o que há de melhor em mim, lhe diria coisas que estão guardadas, e que só poderiam ser ditas assim, cara a cara, olhos nos olhos, coração acelerado, friozinho no estômago e depois boca com boca, pele com pele, pêlo com pêlo...
.
Eu roçaria os meus longos cabelos, que ele tanto adora, por todo o seu corpo, para que ele satisfisesse a vontade de tocá-los, de cheirá-los, de puxá-los, de tomá-los para sí... de me tomar para sí...
.
Da minha boca sairiam gemidos baixos, sussurros e palavras obscenas, com a voz rouca que o deixa tão excitado... e como eu gosto de saber disso!
.
Eu saciaria todos os meus desejos, todas as vontades que tenho dele e ele de mim... e para isso seria preciso muitas vezes... muitas...
.
Se eu tivesse a oportunidade, eu cumpriria todas as promessas que fiz: de amor, de cuidados, de carinhos e chamegos, de afagos, de conversas, de cumplicidade, amizade, fidelidade, prazer, luxúria, gozo...
.
Lhe daria a atenção que ele merece, ele nunca seria deixado de lado... faria o seu prato favorito, dançaria com ele as nossas músicas, lhe daria beijos gelados, o surpreenderia com carinhos, agrados e mimos... sim, eu o mimaria muito!
.
Devoraria tudo que ele escrevesse, com o prazer incontido de fã declarada que sou... nunca deboxaria do seu talento...
.
leríamos juntos os nossos segredos, coisas que guardei sobre nós, as nossas horas deliciosas... tão nossas... tão íntimas!
.
Então recordaríamos passo a passo, o início, o meio e... e, olharíamos um pro outro e diríamos: - quem se apaixonou primeiro?
.
E em meio a gargalhadas e beijinhos, cocluiríamos que nunca chegaremos a uma resposta...
.
Lhe daria filhos... um casal, se Deus assim o permitisse!
.
Nosso encontro ao acaso... Coisas da vida? Do destino? Predestinação? Eu acredito que sim...
.
Muitas coisas eu diria... e faria...
.
Mas tudo isso só seria possível se um dia eu tivesse a oportunidade...
.
Mineira
.
Inté...
.

sexta-feira, 26 de outubro de 2007

É Cada Coisa!

Não entendo mais nada, li aqui, que casar engorda e ficar solteiro e mascar chicletes, ajuda a manter a boa-forma...

Ainda disseram que a obesidade pode ser "socialmente contagiosa", já que ter amigos obesos pode ser um fator para que a pessoa também apresente sobrepeso (57% de mais risco). Essa é boa, agora querem por a culpa nos gordinhos! É cada coisa!
.
Depois li em outra matéria, que, “A Paixão é Estressante para o Corpo”. Segundo "estudiosos", a paixão dura em torno de um ano, mais ou menos, e que depois vem o amor, ou seja, quem ta no primeiro ano de namoro, vai se estressar pra caramba...

E ainda, no mesmo site, diz que, problema amoroso faz mal ao coração. Já postei isso aqui, por esses dias, inclusive... diz que pessoas que estão sofrendo por amor estão mais propensas a problemas coronários... pobre coração, coitado!

E pra fechar, lá também diz que, “Casar faz bem à Saúde”. Segundo uma pesquisa feita na Inglaterra, os solteiros correm mais riscos de desenvolver doenças crônicas e até morrer...

Paro por aqui! Como assim Bial!?

Não é aconselhável se apaixonar, se quiser evitar o estresse...

Não é aconselhável se casar, se quiser manter um peso legal e saudável...

Não é aconselhável amar ninguém, pois caso seu amor não seja correspondido, você pode morrer por problemas no coração...

Não é aconselhável ficar solteiro, pois você também corre o risco de adoecer e morrer do mesmo jeito...

Ué, é aconselhável fazer o quê, então?

Já sei, se tornar um cientista e ficar enfiado dias, meses, anos, em um laboratório (ás custas de verbas milionárias) estudando temas insignificantes e chegando à conclusões tão imbecis quanto essas!
.
Me desculpem, mas hoje to brava, e peguei isso na reta e mandei ver... é pra desestressar... hehe... e não é que deu certo!? Acalmei...hehe
.
E, por falar em estresse... encontrei por aí:
.

PARA MULHERES NERVOSAS: CHÁ DE SAQUINHO!

.

.
Você está tendo problemas com o seu email!? Culpe este cara aqui ó:


Marido chega em casa e pega a esposa, na cama, com um garotão, 25 anos, forte, bronzeado, cheio de amor pra dar...
.
Arma o maior barraco, mas a mulher o interrompe: Antes, você deveria ouvir como tudo isso aconteceu...
.
Na rua, vi esse jovem, maltrapilho, cansado e faminto. Então, com pena do estado dele, eu o trouxe para casa. Dei a ele aquela refeição que eu havia preparado para você ontem. Como você chegou tarde e satisfeito com o tira-gosto do boteco... não comeu, e eu guardei o jantar na geladeira, lembra-se?
.
Ele estava descalço, então dei a ele aquele seu par de sapatos que, como foi minha mãe que te deu, você nunca usou.
.
Ele estava com sede e eu servi aquele vinho que estava guardado... para aquele sábado que você prometeu, mas que nunca chega... pois num dia é futebol, noutro pôquer, noutro pescaria...
.
As calças estavam rasgadas, dei-lhe aquele seu jeans que apesar de semi-novo, não cabia mais em você. Como ele estava sujo, aconselhei-o a tomar um banho.... fazer a barba, então dei a ele aquela loção francesa, novinha, que você nunca usou, porque acha fedorenta.
.
Daí, quando ele já ia embora, perguntou:- Dona, tem mais alguma coisa que seu marido não usa mais?
.
Nem respondi!............. Dei logo!


Música pra hoje... Eduardo e Mônica...

.

Inté...

.

quinta-feira, 25 de outubro de 2007

Relacionamentos...Finais e Recomeços...


Ela acordou como acorda em quase todos os dias, um pouco zonza de sono, fica nessa de abrir e fechar os olhos, se virando na cama, por uns cinco minutos mais ou menos até despertar de vez... sempre levanta com o semblante sério, fica introspectiva, precisa de mais uns cinco minutos para dar um bom dia, a alguém... mas, hoje não foi o caso, estava sozinha...

Seguiu sua rotina matinal habitual, se olhou no espelho do banheiro, reparou nos cabelos, lavou o rosto... se pesou, passou os cremes habituais, tomou o seu café habitual (que nem teve café, na verdade), escovou os dentes (ela, só o faz depois do café...) e foi fazer sua caminhada (que ainda não se tornou habitual...)... foi pensando na vida, tecendo possibilidades, idealizando pessoas e situações, repassando na memória seus segredos, e sorriu de canto de boca... um sorriso incontido, meio bobo de felicidade.

Chegou em casa cansada, ofegante e depois de tomar uns bons goles de água gelada, tirou o tênis com pressa, foi direto para o computador, contrariando o que tinha em mente quando vinha da caminhada pensando em chegar em casa e fazer uns abdominais...

Ah, mas a curiosidade junto com a vontade de receber um certo email, foram maiores... e, pra sua surpresa e êxtase, lá estava ele... é, tinha um email DELE! Sorriu feito criança... sentiu um friozinho no estômago... leu e releu várias vezes, até se fartar com as palavras...

E o seu dia começou perfect!
.
Mineira


*********************************.

E ainda sobre relações e relacionamentos...
.
Por Maria Lúcia Estrela
.

O interessante nas relações amorosas, no instante em que perdem o sentido, é a postura que assumem os envolvidos.

Raramente, o término de um afeto se dá de forma instantânea. Demora algum tempo para que a constatação angustiante do fim se manifeste. Angustiante porque é um prenúncio de morte, de luto, tanto o ficar como o ir embora.

E, talvez, o mais difícil seja passar a conviver com a sensação de fracasso, de impossibilidade em conservar o que se imaginava nosso e, mais ainda, o eventual erro na escolha feita. Então, se chega à conclusão dolorosa de que se plantou a semente da árvore do amor em terra árida ou se esqueceu de irrigar com constância e fidelidade.

Nesses momentos, a dimensão da situação ganha proporções de monstros devoradores. Tudo assusta!

Ao que diz a palavra final resta o ônus da culpa (que não é culpa, é coragem). Ao que ouve o veredicto cabe o ônus da derrota (que não é derrota, é desistência).

A experiência que não deu certo, que não pode continuar sob pena de um dos dois se desfigurar a ponto de perder a própria identidade, é tão desgastante para o que fica como para o que parte.

Preciso é reconhecer as limitações que nos impediram de crescer no relacionamento, sem culpar o outro pela nossa falibilidade pessoal e intransferível. No entanto, no mais das vezes, assistimos a um sem-número de acusações que, além de não nos livrar da culpa, acentuam as nossas omissões. Inexistem culpas em uma relação que acabou. Colocamos no afeto a projeção de necessidades egoístas e deixamos de ver o outro. Enxergamos só o nosso reflexo no espelho. Daí, cansados de nós mesmos, ficamos esvaziados das riquezas que uma troca verdadeira poderia vir a nos proporcionar.

Esquecer que a vida é uma moeda de dois lados é imprudente.

No jogo de culpas vemos apenas um aspecto, o nosso. Pomos um véu sobre as faltas que cometemos e fazemos do outro um algoz que dilacerou nossos sonhos no cadafalso do fim.

Em ambas as faces do amor que esmoreceu, há somente a interrupção de um ciclo, dando liberdade para que outro se inicie na complementação dos elos da existência.

Quando nos deparamos cara a cara com o conhecimento do que realmente somos, então sim, estamos prontos para fazer germinar a semente do verdadeiro encontro. Sabemos, enfim, das nossas restrições e do nosso ilimitado. Adquirimos a sabedoria de regar o amor em tempo certo, dando e recebendo na medida certa, numa cumplicidade e companheirismo que possibilitam a valentia para produzir flores e frutos sem desconhecer a ocorrência dos espinhos, mas sabendo que junto, unidos ao outro, somos capazes de arrancá-los.

.

Música pra hoje...

Ana Carolina - Doi...

.

Update: Um poema da minha amiga e comentarista do Matutando, Ana Maria... o poema fala sobre o segundo tema postado...

.

Fim

Vejo em teus olhos
O disfarce
Sinto tuas mãos

Sem carinho
Teu pensamento
Desatento
Tua incerteza
É fria
Ouço tuas palavras
Sem sentimento
Sinto em teus gestos
Um homem incerto
Daquilo que quer.
Tento conter-me
Em dizer-te
Também estou assim
Fugindo de ti
E tu fugindo de mim.
Tento conter a ternura
Que ainda resiste
Sem muita doçura
Estamos fugindo
Do ocaso
Do nosso caso.
Fugindo do medo
Dos nossos segredos
Da separação
E eu escondo de ti
E tu escondes de mim
Que fomos um dia
Tu e eu
E agora é o fim

Não quero mais ver-te assim
Fugindo de mim.

Ana Maria
.
Inté...
.

quarta-feira, 24 de outubro de 2007

A Filha Secreta de François Miterrand

Pecados privados e públicas virtudes


E não é só aqui no Brasil que causos de políticos que tiveram filhos fora do casamento vêem a tona, obviamente que não. Estive lendo a estória da Mazarine Pingeot, filha do ex-presidente da frança, François Miterrand... ela viveu seus primeiros 19 anos de vida, escondendo das pessoas quem era o seu pai, já que ela era uma filha que François teve fora do casamento e que não assumiu publicamente.
.
Mazarine nasceu em 1974, na época, François estava na sua primeira campanha presidencial. Ele governou a França por dois mandatos, era casado com Danielle e ainda assim convivia com a sua "família secreta".
.
Bom, o que isso tem de novidade? O fato em si, nada, já que há tempos que veio a conhecimento público que Françoi mantinha uma segunda família. O que me chamou a atenção foi uma entrevista no jornal britânico "Times", onde Mazarine contou sua estória e o peso que este segredo lhe custava...
.
"A pior coisa não é ter um segredo para guardar, mas ser um segredo. Não é fácil conquistar a confiança alheia, nem ser amada, quando você não pode revelar quem você é de verdade. Se eu gostava de uma menina ou de um menino, eu não podia dizer a eles que viessem me ver em casa à noite. Eu contei o segredo para alguns poucos amigos, o que tornou nossa amizade mais forte. Mas pensava duas vezes antes de falar a verdade sobre meu pai - era um assunto pesado para impor aos outros. O resultado foi o aspecto mais doloroso de minha infância - a solidão. Eu não tinha irmãos ou irmãs e era como se eu tivesse sido isolada do mundo. No fim das contas eu simplesmente deixei de querer amigos sempre por perto. Eu brincava com minhas bonecas, eu desenhava e, mais tarde, lia. Fui uma criança solitária num mundo adulto, porque passei a maior parte do meu tempo com meus pais. Fui forçada a ter seguranças, o que me deixava envergonhada quando eu era adolescente. Pensava que as pessoas não iam entender por que eu era levada de carro até a escola e por que havia sempre alguém me esperando na saída. Eu me preocupava que iam me achar burguesa. Passei a pedir ao motorista que me deixasse em uma rua do lado, para que ninguém me visse chegando à escola acompanhada. Então comprei uma bicicleta, o que significou liberdade - eu nem queria saber se estava ou não sendo seguida pelos seguranças. Não fui precoce nos namoricos - eu sentia que tinha a missão de proteger meus pais e achava que qualquer relacionamento deveria ser um compromisso sério. Pensava em tudo, analisava, tudo era pesado. A presença dos seguranças não ajudava. Não dava para beijar um garoto no cinema, porque eles estavam sentados na fileira de trás. Eu tentei me perder deles algumas vezes - devo ter sido muito chata.Também sofri como adolescente com a doença de meu pai. Quando eu era pequena meus pais esconderam de mim o fato de que ele tinha câncer. Mas você não consegue esconder nada de uma criança e eu tinha consciência da morte desde muito cedo. Meu pai estava velho e obcecado com a morte. Eu descobri que ele tinha câncer em 1992, quando ele teve de ser operado. Primeiro eu me neguei a achar que era grave. Mas depois tentei passar todo o tempo possível com ele. Ele me levava a restaurantes, mas sempre com um grupo grande de pessoas, para que eu não fosse notada. Quando a revista Paris Match publicou uma foto de meu pai e eu em novembro de 1994 eu fiquei chocada. Eu era ingênua - pensei que a vida seria sempre a mesma. Eu me senti como se tivesse sido estruprada, como se eu tivesse a peste e todos estivessem de olho em mim. Também senti que tinha sido desmentida, porque eu sempre mentia sobre meu pai - eu costumava inventar profissões para ele quando me perguntavam. Eu não queria sair de meu apartamento quando a revista publicou a foto. Pensei em ir embora da França, o que era estúpido. Mas no dia seguinte eu decidi ir à faculdade normalmente. As pessoas foram diretas comigo naquele dia, mas de repente eu era alvo da mídia. Quando meu pai morreu, dois anos depois, fotógrafos me seguiram na rua para tentar me fotografar chorando. Levei anos para me dar conta de que a capa da revista havia me libertado, e mais dez anos para me adaptar a um novo jeito de viver. Não tem sido fácil. Meu primeiro livro, Primeira Novela, foi publicado quando eu tinha 23 anos de idade e foi deemolido pelos críticos. Estou certo de que tinha qualidades e defeitos, mas eles criticaram o livro ferozmente por causa de meu pai. Meu quarto livro, Lábios Fechados, que é autobiográfico, foi melhor recebido. É um bestseller e recebi muitas cartas de pessoas que viveram em circunstâncias similares. É como se eu tivesse me tornado representante deles, o que não sou - pelo menos eu vivi com meus pais. Se eu consegui iniciar a carreira de escritora e consegui escrever sobre a minha infância foi graças a eles. Foram sempre muito amorosos. Às vezes é difícil - eu sofro de ansiedade e depressão -, mas uma coisa que meu pai me ensinou foi perseverança, que é o que me ajuda. Por 19 anos eu era filha de ninguém, mas finalmente eu decidi acrescentar o nome de meu pai aos meus documentos e agora sou Pingeot-Mitterand. Quanto ao meu filho, vou deixar que ele decida, quando for mais velho, se quer ou não o nome Mitterand. É um nome pesado para carregar."
.
.
Inté...
.

terça-feira, 23 de outubro de 2007

Teoria da Conspiração

Gosto de ler, de vez em quando, algo sobre teoria da conspiração. Tem muita coisa doida, muita gente “viaja” na hora de supor algumas teorias, muitas são absurdas, mas outras são bastante intrigantes...

A quem possa interessar, uma teoria da conspiração é uma teoria de que um grupo de pessoas ou organizações tenha manipulado um evento ou uma série de eventos para obter um determinado resultado. As teorias de conspiração também chamadas de “encobrimento”, são secretas e escondidas do domínio público.

Será que é tudo viagem da nossa cabeça, ou seja, pura paranóia, ou realmente acontecem coisas que são ocultadas da gente? A quem diga que nós precisamos de teorias de conspiração para explicar eventos que vão além do nosso controle. Será?

Bom, se existem ou não, conspirações traçadas na moita, eu não sei, mas lançaram um ranking das dez mais (Teorias da conspiração) badaladas, e eu trouxe pra vocês conferirem... São elas:

1- O ataque de 11/09 foi planejado pelo governo dos EUA

Muitas teorias conspiratórias relativas aos ataques em 11 de setembro de 2001 foram criadas, muitas delas afirmando que o presidente George W. Bush sabia de antemão sobre os atentados e propositalmente permitiu que ocorresse, pois os ataques iriam gerar um maior apoio público para militarização e outras políticas externas e internas pela qual ele seria beneficiado..

A teoria envolve o ex Secretário da Defesa Donald Rumsfeld, o vice-presidente Dick Cheney e várias outras figuras do governo Bush. Um relatório de 1990 afirmou que "alguns eventos catastróficos, como um novo Pearl Harbor" seriam necessários para converter a opinião pública em seu favor.
.
2- OVNI capturado em Roswell

O incidente envolvendo um OVNI, próximo a Roswell, Novo México, em Julho de 1947, tem sido objeto de intensa especulação, rumor, questionamento e investigação. Há muitos pontos divergentes sobre o que realmente aconteceu.
.
Até ao início de 1990, alguns investigadores renomados, entrevistaram centenas de pessoas, que tinham (ou alegam ter tido) uma conexão com os acontecimentos em Roswell. Além disso, centenas de documentos foram obtidos por meio de "pedidos de Liberdade de Informação".
.
As conclusões foram que, pelo menos, um OVNI tinha caído nas imediações de Roswell, que tripulantes, possivelmente alguns ainda vivos, foram recuperados, e que o fato foi escondido da população. Uma das suposições é a de que neste incidente teria sido capturado algum espécime extraterrestre.
.
3- O assassinato de John F. Kennedy
.
O assassinato de John F. Kennedy, o Trigésimo Quinto presidente dos Estados Unidos foi morto por tiros enquanto desfilava com sua esposa Jacqueline em um dos veículos do governo. Uma investigação oficial feita pela Comissão Warren foi realizada ao longo de dez meses, e seu relatório foi publicado em setembro de 1964. A Comissão concluiu que o assassinato foi realizado exclusivamente por Lee Harvey Oswald, um empregado do Texas School Book Depository em Dealey Plaza.
.
Uma série de teorias conspiratórias existem no que diz respeito ao assassinato do presidente Kennedy. Tais teorias começaram a ser geradas logo após sua morte, e permanecem vivas até hoje. Muitas destas teorias sugerem uma conspiração criminosa envolvendo partidos como o Federal Reserve, a Central Intelligence Agency (CIA), o KGB, a Mafia, do Federal Bureau Investigation (FBI) diretor J. Edgar Hoover, o vice-presidente Lyndon B. Johnson, Richard Nixon, Fidel Castro, George H. W. Bush, grupos exilados cubanos em oposição ao governo de Fidel Castro e as forças militares.
.
4- Aquecimento global é uma fraude
.
A sugestão de uma conspiração para promover a teoria do aquecimento global foi apresentado em 1990 em um documentário chamado 'The Greenhouse Conspiracy' transmitido pelo Channel Four no Reino Unido, em 12 de Agosto de 1990. William Gray, phD (um pioneiro na ciência de previsão de furações) apresentou uma lista contendo 15 motivos para a histeria do aquecimento global.
.
A lista inclui a necessidade de se chegar a um inimigo após o fim da Guerra Fria, bem como o desejo entre os cientistas, os líderes governamentais e ambientalistas para encontrar uma causa política que lhes permitiriam organizar, fazer propaganda, forçar conformidade e exercer influência política. "Neste artigo, Gray também cita a ascensão de Al Gore para a vice-presidência dos Estados Unidos (ele ganhou neste ano, o prêmio Nobel da Paz).
.
5- Princesa Diana foi assassinada pela Família Real
.
Em 1997, a princesa Diana e Dodi Fayed (filho de Mohamed Fayed, dono da Harrods e Hotel Ritz) foram mortos em um acidente de carro quando tentavam fugir de fotógrafos, em Paris. O escândalo em torno dessa relação (Dodi era muçulmano, enquanto Diana era a mãe do futuro chefe da Igreja da Inglaterra), levou muitas pessoas a especular que eles foram realmente mortos a fim de impedir o maior escândalo da Inglaterra.
.
Pesquisas indicam que cerca de 1/4 do público britânico, acredita que houve uma conspiração para matar Diana. As causas seriam: um suposto casamento entre Diana e Dodi Fayed, uma possível conversão de Diana ao islamismo, sua gravidez, e uma provável visita a terra santa. Segundo teóricos, entre os responsáveis pela sua morte estariam: a Família Real Britânica, a imprensa, a British Intelligence serviços MI5 e MI6, a CIA, Mossad, a Maçonaria, e o IRA.
.
6- Dominação judaica mundial
.
A teoria conspiratória afirma que uma falsificação literária visa alcançar a dominação mundial. Numerosas investigações têm repetidamente provado o plágio. O texto foi popularizado por opositores ao movimento revolucionário russo, e foi amplamente divulgado após a revolução de 1905, tornando-se mundialmente conhecido depois da Revolução de outubro de 1917.
.
Seria um documento que denuncia a existência de uma rede mundial de banqueiros e empresários judeus que teria o objetivo de fortalecer e propagar a fé e cultura de seu povo. Algo que alimenta e realimenta o fascismo no mundo todo. Mas, não só. O famoso anarquista russo Bakhunin era um adepto dessas idéias. Acusava Marx de fazer parte de uma conspiração que incluía o banqueiro inglês Jacob Rothschild. O que os unia seria a origem judaica.
.
7- Desembarque na lua foi uma fraude
.
As alegações de que o desembarque na lua são falsas e que todos os elementos na aventura da Apollo foram forjados pela NASA e por membros de outras organizações envolvidas tomam força.
.
Alguns grupos afirmam que os astronautas da Apollo nunca estiveram sequer na Lua, e que a NASA criou e continua a perpetuar esse boato. Estudiosos dedicaram uma parte substancial de seus esforços para analisar as fotos da NASA. Eles apontam para diversas questões, com fotografias e filmes feitos na lua.
.
Especialistas disseram que as técnicas usadas nas fotos chegam a ser rudimentares.

No site da NASA, tem uma foto da porta de entrada da Missão da Nave Apollo 11, onde, é possível ver sombras para vários lados, quando todas as sombras deveriam estar na mesma direção. Fotos mostram as desproporções do tamanho da terra, vista da lua. Foto da bandeira dos Estados Unidos tremulando na lua, onde não existe vento... etc... veja muito mais, com fotos e uma excelente explicação, no site A Fraude do Século.

8- Ataque a Pearl Harbor foi permitido

Esta teoria afirma que o Presidente Roosevelt provocou o ataque, ele sabia sobre o assunto com antecedência e foi incapaz de avisar os comandantes.

Teóricos acreditam que os americanos foram avisados pelos governos da Grã Bretanha, Holanda, Austrália, Peru, Coréia e União Soviética de um ataque surpresa a Pearl Harbor. Todos os códigos haviam sido codificados.

.

9- O Terceiro Segredo de Fátima
.
Os Três Segredos de Fátima são três profecias que foram dadas por uma aparição da Virgem Maria aos três jovens portugueses pastores, Lúcia Santos e seus primos Jacinta e Francisco Marto.
.
De Maio a Outubro de 1917, as três crianças afirmaram ter testemunhado a aparição de Maria, que hoje é popularmente descrita como Nossa Senhora de Fátima.
.
Dois dos segredos foram revelados em 1941 em um documento escrito por Lucia, enquanto o terceiro permaneceu secreto, até que o bispo de Leiria pediu a Lucia para colocá-lo por escrito e apresentá-lo ao Papa. O terceiro segredo foi revelado após a morte de lúcia (com 97 anos, em 13 de fevereiro de 2005). Coincidentemente, ou não, as aparições da Nossa Senhora para as três crianças, foi a cada dia 13.
.
O primeiro segredo: A visão do inferno"Mergulhados no fogo, havia demônios e almas, como se fossem brasas, com forma humana (...), entre gritos e gemidos de dor e desespero que horrorizavam e faziam estremecer de pavor".

O segundo segredo: As duas guerras mundiais e a conversão da Rússia"A guerra vai acabar, mas começará outra pior... Se derem ouvidos aos meus pedidos, a Rússia se converterá e haverá paz".

O terceiro segredo: O atentado ao papa "O bispo vestido de branco, que caminha para a cruz entre os cadáveres, cai por terra como morto, sob os tiros de uma arma de fogo".

Por que a Igreja demorou tantos anos para revelar um segredo que nada tinha de apocalíptico e, além do mais, terminara em final feliz? Afinal o Papa não morreu no atentado.

O segundo segredo, revelado nos anos 30, trazia forte mensagem anticomunista. Pedia "a consagração da Rússia" ao Imaculado Coração de Nossa Senhora. "Se ouvirem os meus pedidos, a Rússia se converterá e haverá paz", disse a Virgem, de acordo com o relato de Lúcia. Não por acaso o santuário português se tornou uma espécie de meca do anticomunismo.

Outros ingredientes reforçaram, no imaginário católico, a idéia de que o papa travava uma guerra contra o comunismo, da qual só um sairia vivo. Existe uma teoria, ainda carente de comprovação, segundo a qual o atentado de 1981 foi tramado pelo serviço secreto de um país comunista, a Bulgária. Faria parte de um complô do bloco soviético para eliminar o papa. O turco Ali Agca e a organização terrorista à qual pertencia teriam sido manipulados pelo serviço secreto búlgaro. (Revista Época).

10- O Experimento da Filadélfia
.
A história que é conhecida sob o título de "O Experimento Filadélfia", surgiu através de uma série de eventos estranhos, com uma figura verdadeiramente misteriosa como estrela principal.
.
Alegadamente, uma experiência da marinha americana (Projecto Rainbow) feita em 28 de Outubro de 1943, durante a qual um destroyer, o USS Eldridge, foi tornado invisivel, desmaterializado e teletransportado de Filadélfia na Pensilvânia até Norfolk na Virginia, e trazido de volta à base naval de Filadelfia.
.
A experiência foi supostamente dirigida pelo Dr. Franklin Reno como uma aplicação da teoria do campo unificado de Einstein. A experiência provaria uma relação entre a gravidade e o electromagnetismo: um salto espaço-tempo electromagnético.
.
Donde vieram tais histórias? Uma origem da alegada experiência é o mesmo homem que nos deu livros sobre a Atlântida, o Triângulo das Bermudas e a Arca de Noé: Charles Berlitz. Com William L. Moore, Berlitz é o autor de The Philadelphia Experiment: Project Invisibilty (New York: Fawcett Crest, 1979). No livro, tanto o barco como alguns tripulantes desaparecem numa outra dimensão, para não mais serem vistos.
.
Uma outra fonte é uma carta escrita em 13 de Janeiro de 1965, por Carlos Miguel Allende (ou Carl Allen) ao Dr. Morris Jessup, um astrónomo e autor de "The Case For The UFO" (1995). Allende afirma ter assistido ao desaparecimento do USS Eldridge quando se encontrava a bordo do navio mercante SS Andrew Furuseth. Tambem afirma que membros da tripulação desapareceram no ar durante uma luta.
.
Então como alguém pode duvidar que se pode fazer desaparecer navios? Se a Marinha nega deve ser verdade. hahahaha...
.
Inté...
.


domingo, 21 de outubro de 2007

Como é Bom ter Amigos...

Bom, ontem foi meu aniversário, recebí muitas felicitações e mensagens carinhosas dos meus amigos... muito obrigada gente, vocês não fazem idéia do quão feliz eu fiquei e ainda estou! É sempre muito bom ter esse retorno de pessoas que a gente gosta, admira, tem um carinho especial! Valeu mesmo!

E, hoje, pra minha surpresa e alegria, recebi um email da Ana (Ana Maria), uma amiga e fiel comentarista aqui do Matutando... fiquei muito emocionada com tudo que ela escreveu pra mim! Ta tão lindinho que, com a permissão dela, resolvi publicar aqui...

Ana, obrigada menina! Que Deus lhe dê em dobro esta alegria que você me proporcionou! Pra você eu desejo só coisas boas, em abundância!

Gosto muitão de você, viu!?

Bjim
Imagem do avatar da Ana

MINEIRA,

Não saberia dizer exatamente como a encontrei na net. Lembro me bem que navegando, o meu barco parou na Brisa. Lá permaneci um tempo sem procurar outras ilhas. Um dia resolvi clicar nas indicações que ela fazia e encontrei um nome que me chamou a atenção “MATUTANDO”. Peguei meu barquinho e naveguei até lá, confesso que com alguma dificuldade, pois sou péssima timoneira e como se isso não bastasse me sinto muito tímida ao fazer os primeiros contatos. Fiquei aportada por ali, apenas observando. Tomei coragem e fiz um primeiro comentário, e tive a grata surpresa de vê-lo no outro dia respondido pela própria dona do blog uma moça chamada Mineira. Nesse momento eu senti que aquela ilhazinha além de fazer parte das minhas origens, Minas Gerais, a sua dona era realmente uma pessoa especial, e que tinha a singularidade de nos receber com uma gentileza impecável. Nos primeiros contatos ela logo incumbiu-me estrategicamente de falar sobre comida mineira com Lugirão de Fortaleza. E ai apareceram, Rita, lis, Vladimir, Layla, Mariza, Benno, Claudia, Paps, Glória, Mr. Walt, Ramon e tantos outros amigos que formamos realmente uma família. E passei a navegar entre Brisa e Mineira. Ambas marcaram para sempre o meu coração. E através delas a minha família foi crescendo tanto que hoje tenho que madrugar para conseguir ir a casinha de cada uma delas. E cada pessoa que conheço neste mundo virtual ligadas a estas duas damas, Brisa e Mineira, são pessoas com o mesmo objetivo: troca de conhecimentos, amizade e muita cultura. Hoje é um dia muito especial, motivo pelo qual comecei dizendo como fui parar no Matutando. No mundo virtual você não se engana com as pessoas. Às vezes você se deixa ser enganado, é diferente. Desde que começo a papear com alguém dentro do blog, já sei por tudo que vejo dela, características, gostos, e tenho em mim um retrato mais ou menos de como deve ser aquela pessoa por tudo que ela deixa escrito em suas mensagens. A MINEIRA, cujo nome verdadeiro é Cíntia, é uma moça jovem, alta, muito bonita, tenho toda a certeza, de uma ótima cultura, uma pessoa bem resolvida, que sabe enfrentar e solucionar com muita tenacidade os problemas que encontra pela vida. A cada dia busca aprimorar-se culturalmente, a exemplo do que sempre oferece em seu blog. Hoje é aniversário dessa menina, a quem aprendi a amar pelo seu carisma, solidariedade, e a quem chamo carinhosamente de minha princesa. A Mineira é uma pessoa muito especial para mim. Eu não preciso vê-la para sentir se ela está alegre ou triste. Eu não senti necessidade de ter que me aproximar dela para receber carinho e atenção. Não precisei dizer se estava triste ou alegre, como era a minha vida para obter dela o apoio que sempre me dá. É o tipo de menina que se esquece para acolher a todos que chegam a seu blog, com ou sem problemas. Não distingue atenção. Eu jamais posso dizer que sou a privilegiada, ou que a Lugirão ou a Layla, ou o Vladimir ou qualquer um outro obteve dela mais atenção do que os outros. Ela se doa por inteiro a todos, com seu carinho, sua alegria, sua presença notável e confortadora. Admiro essa capacidade da Mineira de ser imparcial e ao mesmo tempo acolhedora com todos. Ela é uma pessoa de idéias feitas, com grande poder de decisão nas pendências da vida, sem deixar de ser sensível, humana e comum. Saber que ela vai passar um ano em Londres, nos deixou meio que desorientados. Mas sabemos que isso deve ser importante na vida dela e muito provavelmente esse contato diário durante esse período não vai haver, porém, ele não deixará de existir pela pertinácia dessa Mineira. Colheremos muito mais cultura com as experiências que ela viverá e nos passará.
Fiquei pensando o que eu poderia dizer à minha princesa, hoje no seu aniversário! Nada que eu diga vai expressar realmente o que sinto por ela. Pensei fazer um poema! Mas ela merece um poema de uma poetiza no sentido exato do termo. Não me considero assim. Então, seriam palavras em versos muito pobres que desmereceriam o meu verdadeiro sentimento e ao mesmo tempo muito aquém do que ele merece. De mãos vazias, e coincidentemente no dia de hoje com o coração bastante sofrido pelo que a data para mim representa, morte e não vida, não poderia dizer nada que não fosse isso: Mineira, minha princesa, essa data não é mera coincidência. Se Deus me levou nesse mesmo dia de um ano qualquer alguém que eu amava, anteriormente ele deu vida a um outro alguém que pouco depois da minha perda iria aparecer na minha vida virtualmente e ser para mim sinal de alegria e vida. Não foi à toa que foi você a primeira pessoa a me ouvir. Não foi por acaso que meu barquinho aportou na sua ilha. Hoje, se eu só tinha motivos para chorar, não posso tê-los mais, pois, você que nasceu exatamente no dia 20/10 de um ano qualquer é uma grande amiga que ganhei, e que hoje juntamente com você, quero comemorar essa alegria de viver e não a tristeza de morrer. As recompensas vêm silenciosas, temos que parar para notá-las. E você foi uma grande recompensa na minha vida. No dia de hoje quero agradecer a Deus por ter tido um marido maravilhoso. Agradecer por dar-lhe a felicidade de poder comemorar com muita alegria seu aniversário, e por saber que posso contar com a sua amizade. Desejo-lhe do fundo do coração, felicidades, e a realização plena dos seus sonhos. E finalmente agradecê-la pelo carinho que dedica a todos nós.

Um grande beijo,

BSB, 20/10/2007 ana maria
.
********************************
.
Mais uma vez, obrigada, Ana! De verdade!
.
Inté...
.

sábado, 20 de outubro de 2007

Mais Um Ano de Vida

Porque hoje a festa é minha...


Do que são feito os sonhos?

Ilusões, fantasias, decepções, garra, insistência, provações, redenção, trabalho, otimismo, abdicações, força de vontade, determinação, fé, batalhas, frustrações, derrotas, vitórias, perdas, conquistas, ESPERANÇA.

A vontade de se tornar algo melhor a cada dia é o que faz do ser humano uma máquina de sonhar.

Projetar idéias e desejos e lutar para transformar o que um dia foi um simples pensamento em uma situação real. E como tenho feito isso!

Nunca desistir de algo que se deseja muito e que se almeja fazer parte da vida.

O ser humano sonha! Eu sonho!

Mas se eu apenas sonhasse, nunca saberia do que sou capaz...

É preciso conquistar os sonhos (isso é bem clichê, mas é a mais pura verdade)... e um dos meus, eu já conquistei! Agora é esperar a boa vontade do tempo, que temos a nosso favor e me entregar de vez ao gozo deste sonho...

Este ano tem sido tudo de bom! Aconteceram muitas coisas boas em minha vida, muita felicidade! Muitas alegrias! Muita paixão! Muito amor! A vida me trouxe uma grata surpresa... fiz novas amizades, conhecí pessoas interessantes, legais, principalmente aqui, no virtual, e por conta disso, sou-lhe grata hoje e sempre!

Valeu, meu Deus! To lhe devendo essa...hehe
.
.
Inté...
.